Seja Bem-vindo! Hoje é Segunda, 23 de Outubro de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Canoeiro confessou o crime; criança não foi mais encontrada. Foto: Reprodução

Um pai jogou o filho de 4 meses no rio Negro, em Manaus, por conta do pagamento de uma pensão alimentícia de R$ 400 semanais. O canoeiro Josias de Oliveira Alves, 29 anos, e a mãe da criança, Cleudes Maria Batista, 23, foram presos por suspeita pelo crime, mas a polícia concluiu que a mãe não teve envolvimento no caso. O bebê Pablo Pietro está desaparecido desde 14 de agosto. Cleudes deve ter a prisão revertida. Já Alves será indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio. O delegado Ivo Martins disse que o pai contou que a mãe do menino sempre pedia mais dinheiro de pensão, o que o deixava irritado. No dia do crime, o bebê estava em uma canoa com os pais. "Eles brigaram porque ela estava esperando-o no porto, estava brava, queria dinheiro. Eles saíram aos tapas no porto e quando chegaram a canoa brigaram novamente. Eles tiveram uma discussão, ele primeiro tentou golpeá-la, ela caiu no chão do barco, ele tirou a criança (dos braços da mãe) e a jogou (no rio), depois ele continuou brigando com a Cleudes”, relatou o delegado.

Nem o pai nem a mãe pularam no rio para salvar a criança. Depois de jogar o bebê na água, Alves ainda amarrou uma corda no pescoço de Cleudes, tentando enforcá-la. "A investigação estuda se Cleudes foi omissa por não ter pulado para pegar a criança, mas dado o fato que ela estava com uma corda no pescoço, ela pode encontrar respaldo legal", acredita o delegado. Versões anteriores de que o bebê teria caído ou sido vendido foram descartadas com a confissão do pai. A mãe passou de suspeita para vítima. Josias confessou ter jogado o filho na água diante de três advogados. Antes, ele acusou a mãe do menino pelo crime. "Ele confessou e deu detalhes de como tudo aconteceu. Durante a confissão, ele não chorou. Disse que estava arrependido, que não sabe porque fez isso", diz o delegado. A mãe foi com o bebê de Manacapuru, a 68 km de Manaus, para a capital justamente para discutir o valor da pensão com o pai do menino. Os dois se encontraram para conversar na noite do dia 14. Depois do crime, o Corpo de Bombeiros fez buscas no rio, mas não localizou o bebê.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Um posto do Bradesco e uma agência dos Correios de Marcionílio Souza, na Chapada Diamantina, foram atacados na madrugada desta quarta-feira (9), por volta das 2h40. De acordo com a Polícia Militar, em torno de 15 homens armados com fuzis e dinamites participaram da ação que teria durado cerca de 30 minutos. Os criminosos estavam a bordo de três carros. Ainda conforme a PM, na agência dos Correios, os bandidos explodiram o cofre, o que resultou na destruição de parte do prédio. Na fuga, os bandidos seguiram sentido BA-256. Até o momento, não foi informado se houve alguma quantia levada. Uma perícia está sendo realizada nos locais atingidos. Em 2014, o mesmo posto avançado do Bradesco foi alvo de explosão. Já a agência dos Correios passava recentemente por reformas. 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

A prisão em flagrante de Rafael Pinheiro de Jesus, acusado de ocultação de cadáver do garoto Marcus Vinícius, de dois anos, no bairro de Itapuã – foi revogada nesta terça-feira (8), pela juíza Gelzi Maria Almeida Souza. De acordo com a peça processual, “a ausência dos laudos periciais necessários ao esclarecimento da morte do menor impedem a correta tipificação e consequente distribuição entre as promotorias de justiça de áreas diversas” e, por isso, optou-se pela liberação do acusado. Rafael Pinheiro foi preso no dia 19 de agosto após apontar onde estava o corpo do garoto que era seu afilhado. Em depoimento à polícia, ele disse que o garoto ”sufocou após tomar mingau”.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Por: Nete Freitas/Brumado Verdade. (Foto: Reprodução)

O corpo de um homem em estado de decomposição foi encontrado no último sábado (05), em um terreno baldio, em Guanambi–BA. Segundo investigações o corpo pode ser do idoso Sirino Gregório Correia, 79 anos, que está desaparecido desde o dia 15 de agosto. O desaparecimento já foi divulgado pelo Brumado Verdade,  e em vários sites e blogs da cidade de Guanambi e região. Nas redes sociais, fotos e mensagens foram compartilhadas, pedindo informações sobre o paradeiro do Sr. Sirino. O corpo foi encontrado por populares, que acionaram a polícia. O levantamento cadavérico foi realizado e só após exame de DNA  poderá confirmar a identidade. Segundo informações, a vítima possivelmente não morreu no local, a polícia continua investigando o caso.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Eles já haviam sido autuados pelo mesmo motivo, em Nova Friburgo. Foto: Divulgação

A dupla sertaneja Junior e Gustavo foi detida pela PM, na madrugada desta segunda-feira (7), durante um show na Exposição Agropecuária de Macuco, na Região Serrana do Rio de Janeiro. A apresentação foi interrompida porque, segundo informações da PM, os cantores estavam fazendo apologia às drogas com músicas de funk. Eles foram levados em viaturas da polícia para a 154ª Delegacia de Polícia em Cordeiro, onde prestaram depoimento e foram liberados. Eles já haviam sido autuados pelo mesmo motivo, em Nova Friburgo, durante um show.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Uma mulher se entregou à polícia, na noite de sábado (5), após esfaquear o marido, em Luís Eduardo Magalhães. De acordo com informações, Andreia Fernandes levou à sede da 85ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/LEM) a faca que utilizou para ferir Jailton Pereira dos Santos, na residência do casal. Segundo Andreia contou à polícia, a agressão foi em legítima defesa, já que ela vem sendo agredida pelo companheiro. Grávida de cinco meses e com um hematoma no olho direito, a mulher relatou que na noite de sábado Jailton a agrediu em frente a um bar e, ao chegar em casa, as agressões continuaram. Teria sido então no momento de desespero, enquanto era agredida, que Andreia pegou uma faga e desferiu golpes no companheiro, que foi atingido principalmente na região do tórax. O homem foi socorrido para uma Unidade de Pronto Atendimento e não há informações sobre seu estado de saúde.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Um homem identificado como Adriano César Caetano Veiga (48) foi preso pela polícia civil da 21ª Coorpin, nesta sexta-feira (4), quando atuava irregularmente como médico no Hospital e Maternidade de Itororó, no centro-sul baiano, a 540 km de Salvador. De acordo com informações do Itororó Já, após ser autuado e conduzido à delegacia, Adriano Veiga, que trabalha no hospital há cerca de um ano, afirmou ao delegado titular que é graduado em medicina pela Universidade Nacional Ecológica da Bolívia, em 2012, tendo apresentado uma fotocópia do suposto diploma. No entanto, o homem confessou não ter registro no Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb), e disse ter uma ação com o pedido de inclusão de seu nome no programa Mais Médicos. Adriano é reincidente, em 2011 já havia sido acusado de exercer a medicina ilegalmente em Potiraguá, cidade próxima a Itororó, à época o falso médico atendia usando apenas o comprovante de matrícula da suposta universidade.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Uma quadrilha explodiu um cofre e destruiu parte da agência do Banco do Brasil da cidade de Antas, no nordeste do estado, na noite desta quarta-feira (2). Segundo informações da Delegacia Territorial, o caso ocorreu por volta de 23h30. Em torno de 12 homens armados e encapuzados participaram do ato. A ação teria durado em torno de 15 minutos. Conforme relato da Polícia Militar ao G1, os suspeitos usaram uma caminhonete e um carro de passeio. Ao chegar na agência, parte do grupo fingiu estar com problema no capô de um dos veículos, enquanto outra parte seguiu direto para o cofre. No momento, a perícia trabalha na investigação do caso. Nenhum acusado foi preso até o momento. Em 2014, a mesma agência, a única da cidade, foi atacada e ficou destruída.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Reprodução

Uma unidade do banco Bradesco localizada em Formosa do Rio Preto, na Bacia do Rio Grande, foi assaltada na tarde desta quarta-feira (2) por quatro homens fortemente armados. De acordo com informações do jornal O Expresso, a quadrilha agiu com rapidez e acessou o local após desarmar os vigilantes. Ainda segundo o site, o grupo fugiu em um veículo de passeio do modelo VW Gol, de cor prata, mas existem informações confusas quanto ao destino dos suspeitos. Ainda não há informações sobre a quantia levada. Há um ano uma agência do Banco do Brasil foi explodida na cidade.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

O suposto estupro de uma adolescente de 15 anos por dois jovens de 21 durante uma festa na cidade de Joinville, em Santa Catarina, está sendo investigado pela Polícia Civil depois que vídeos do ato sexual foram compartilhados por um aplicativo de celular. "Eu estava dando uma volta com a minha amiga. Depois nós estávamos conversando com os dois [suspeitos] e eles ofereceram bebida. Eu bebi. Depois eu não lembro de nada", disse a vítima à RBS TV. O caso ocorreu no dia 8 de agosto em uma localidade conhecida como Ruazinha, em Joinville. Nesta rua sem saída, é comum ocorrerem festas com carros de som e bebidas, informou a polícia. Até esta segunda-feira (31), oito pessoas que compartilharam as imagens foram ouvidas. "Houve um certo estarrecimento das pessoas, como se não tivessem noção da gravidade da conduta praticada [compartilhar o vídeo] ", disse a delegada Tânia Harada, da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso. O boletim de ocorrência foi registrado quatro dias após a festa, quando a garota recebeu o vídeo por celular. Ela passou por exames dias depois da festa, mas não foi possível constatar se houve ou não estupro. "É um choque para uma mãe ver o que eles fizeram com a minha filha. Essas pessoas não podem continuar impunes, eles têm que ser punidos", disse a mãe da garota. A Polícia Civil investiga o possível estupro, o fornecimento de bebida e compartilhamento de imagens pornográficas de menor de idade.

COMENTE ESTA NOTÍCIA



Primeira página  1  2    3    4    Ultima página   
Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br