Seja Bem-vindo! Hoje é Sexta, 23 de Junho de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Foto: Divulgação

A Petrobras apresentou nesta quinta-feira (10) uma proposta de corte de salários e redução de jornada aos sindicatos dos petroleiros. Segundo informações do jornal Folha de S. Paulo, uma das opções prevê um corte de 25% nos salários para funcionários dos setores administrativos acompanhada de uma redução de jornada para 30 horas semanais. A estatal também sugere a redução do valor das horas extras de fim de semana, de 100% para 80% do salário.  Ainda de acordo com Folha, os empregados da companhia indignaram-se com a proposição. “Isso só incendiou a categoria para a greve, afirmou o sindicalista Deyvid Bacelar, que representa os trabalhadores no Conselho de Administração da petrolífera. A ameaça de greve ocorre desde a última semana. A Federação Única dos Petroleiros (FUP) realiza reunião nesta sexta-feira (11) para definir os rumos do movimento. 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação/PM-BA

A celebração dos 10 anos do Núcleo de Religiões de Matrizes Africanas (Nafro) da Polícia Militar da Bahia (PM-BA) foi realizada na tarde desta quinta (10), no Parque São Bartolomeu, na Avenida Suburbana. Entre os presentes, o comandante da PM-BA, Anselmo Brandão, e Mãe Nicinha, filha de santo da Casa Branca e integrante da irmandade da Boa Morte, sediada da cidade de Cachoeira, Bahia. Brandão destacou a fundação do núcleo como um marco na luta pelo respeito às religiões africanas. “Lembro da luta de seus fundadores em 2005, assim como tivemos dificuldade em criar o núcleo espírita do qual sou coordenador, dado ao preconceito e a intolerância ao diferente. De forma inédita entre as polícias militares do Brasil, a PMBA possui um comitê formado por núcleos de diversas religiões, ensinando à tropa o respeito. Exemplo disso, aqui estão presentes os Capelães Evangélico e Católico”, citou. Para o comandante, as crenças podem ser utilizadas para melhorar as relações familiares e com a sociedade. Mãe Nicinha relembrou, durante a cerimônia, o primeiro dia de sua participação no Nafro. “Foi no dia da fundação e ali vislumbrei um horizonte de transformações que hoje se concretiza, celebrando a esperança de um futuro ainda melhor. Ver mães, pais, filhos e filhas de santo, com farda da Polícia Militar, e professando nossa fé, com certeza é um marco”, apontou. A comemoração foi animada pelo Grupo de Teatro e pelo Coral da PMBA, que apresentaram performances e cantigas com base nos rituais do candomblé. Em homenagem à data, o Comandante Geral plantou no parque uma muda de árvore sagrada para o povo de santo que simboliza o orixá Xangô, patrono no núcleo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

É com sentimento de profundo pesar que a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC) anuncia o falecimento da professora Adriza Macedo Damasceno, recém desligada do corpo docente da instituição. Adriza foi vítima de acidente ocorrido no inicio da tarde desta quinta-feira (10), entre os municípios de Bom Jesus da Serra e Poções, em tragédia que também vitimou fatalmente o professor da Uesb, Eliseu Lemos Leal Sena.

A FTC solidariza-se com a família das vítimas, em especial com Leandro Damasceno, professor da instituição, com o qual unimos força e pensamento positivo pela recuperação de Daniela Macedo Damasceno, professora licenciada desta unidade, terceira vítima do acidente, que encontra-se em estado grave no Hospital Samur, em Vitória da Conquista.

A direção da unidade declara suspensas as aulas para os alunos do curso de Engenharia Civil, período noturno desta quinta-feira (10) e do período matutino de sexta-feira (11).

Sérgio Magalhães

Diretor Geral da FTC/VIC

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

A Justiça de São Paulo expediu um mandado de prisão para o cantor Latino na terça-feira (08) pelo não pagamento de pensão alimentícia da menor Valentina, de 2 anos, fruto de seu relacionamento com Gláucia Roberta de Souza. A ordem judicial  foi dada em cima da dívida referente aos meses de setembro de 2014 a setembro de 2015, algo que deve girar em torno dos R$ 140 mil. Latino é pai de nove filhos. No final de agosto, o cantor foi notificado e intimado a pagar os três primeiros meses de pensão alimentícia para não ser preso imediatamente. Os R$ 30 mil foram depositados em juízo, e eram referentes a junho, julho e agosto de 2014, época em que ele foi citado no processo. A ação só foi concretizada este ano porque o cantor nunca era encontrado para ser notificado. Como não pagou os meses restantes de pensão, Latino pode ser preso a qualquer momento. "A Justiça expediu o mandado de prisão dele porque ele não pagou o saldo que devia. A Gláucia foi comunicada da decisão, mas não ficou feliz. Não era o que ela queria. O que ela deseja é que ele pague o que deve para ajudar a filha. Mas como ele não cumpriu, que seja aplicada a lei", contou o advogado de Gláucia, Fernando Abrahão.



 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Quando a jovem Elizabeth assumiu o trono britânico em 1952, com a morte de seu pai, o rei Jorge VI, ninguém imaginava que ela se tornaria um símbolo de estabilidade em mais de meio século de mudanças econômicas e sociais. Nesta quarta-feira (9), ela supera a marca de sua tataravó, a rainha Vitória, que ficou no poder por 63 anos, sete meses e dois dias. Não vai haver festa oficial para celebrar o recorde, mas eventos foram preparados em homenagem à monarca. No Palácio de Kensington, em Londres, onde nasceu a rainha Vitória, uma exposição de fotos e vídeos foi aberta ao público, relembrando fatos marcantes na vida de Elizabeth e de sua tataravó. A curadora, Deirdre Murphy, acha que a grande similaridade entre as duas líderes é que elas “foram fontes incríveis de força e estabilidade em momentos de grandes mudanças”. Elizabeth exibe bons índices de popularidade e, mesmo prestes há completar 90 anos, não dá sinais de que pretende abdicar do posto. O historiador e escritor inglês Hugo Vickers afirma que ela não tem motivos para renunciar ao trono e que é muito querida pelo povo britânico. A rainha estava no poder durante a Guerra Fria e também quando a Grã-Bretanha se juntou à União Europeia, em 1973. Nos atentados terroristas em Londres, que chocaram a nação em 2005, expressou seu pesar ao povo britânico ao visitar pessoalmente os feridos. Embora alguns analistas questionem o legado de Elizabeth, Vickers acha que ela sempre teve uma visão muito clara de seu papel como monarca e grande capacidade de conciliação. “Elizabeth, a conciliadora, seria um bom adjetivo, pois é isso que ela tem feito ao longo de seu reinado”. 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

Foram anunciadas na manhã de terça-feira (08/09) as principais mudanças decididas pelo Papa em relação aos processos de nulidade matrimonial. O objetivo do Papa não é favorecer a nulidade dos matrimônios, mas a rapidez dos processos: Simplificar, evitando que por causa de atrasos no julgamento, o coração dos fiéis que aguardam o esclarecimento sobre seu estado “não seja longamente oprimido pelas trevas da dúvida”. As alterações constam nos dois documentos ‘Mitis Iudex Dominus Iesus’ (Senhor Jesus, manso juiz) e ‘Mitis et misericors Iesus’ (Jesus, manso e misericordioso), apresentados na Sala de Imprensa da Sé.

A reforma foi elaborada com base nos seguintes critérios: 

1. Uma só sentença favorável para a nulidade executiva: não será mais necessária a decisão de dois tribunais. Com a certeza moral do primeiro juiz, o matrimônio será declarado nulo.
2. Juiz único sob a responsabilidade do Bispo: no exercício pastoral da própria ‘autoridade judicial’, o Bispo deverá assegurar que não haja atenuações ou abrandamentos. 
3. O próprio Bispo será o juiz: para traduzir na prática o ensinamento do Concílio Vaticano II, de que o Bispo é o juiz em sua Igreja, auspicia-se que ele mesmo ofereça um sinal de conversão nas estruturas eclesiásticas e não delegue à Cúria a função judicial no campo matrimonial. Isto deve valer especialmente nos processos mais breves, em casos de nulidade mais evidentes. 
4. Processos mais rápidos: nos casos em que a nulidade do matrimônio for sustentada por argumentos particularmente evidentes. 
5. O apelo à Sé Metropolitana: este ofício da província eclesiástica é um sinal distintivo da sinodalidade na Igreja.
6. A missão própria das Conferências Episcopais: considerando o afã apostólico de alcançar os fiéis dispersos, elas devem sentir o dever de compartilhar a ‘conversão’ e respeitarem absolutamente o direito dos Bispos de organizar a autoridade judicial na própria Igreja particular. Outro ponto é a gratuidade dos processos, porque “a Igreja, mostrando-se mãe generosa, ligada estritamente à salvação das almas, manifeste o amor gratuito de Cristo, por quem fomos todos salvos”.
7. O apelo à Sé Apostólica: será mantido o apelo à Rota Romana, no respeito do antigo princípio jurídico de vínculo entre a Sé de Pedro e as Igrejas particulares.
8. Previsões para as Igrejas Orientais: considerando seu peculiar ordenamento eclesial e disciplinar, foram emanadas separadamente as normas para a reforma dos processos matrimoniais no Código dos Cânones das Igrejas Orientais. Diante dos jornalistas credenciados, o juiz decano do Tribunal da Rota Romana, Mons. Pio Vito Pinto explicou que os decretos (motu proprio) são resultado do trabalho da comissão especial para a reforma destes processos, nomeada pelo Papa em setembro de 2014. Também estavam na coletiva o Cardeal Francesco Coccopalmerio, Presidente do Pontifício Conselho para os Textos Legislativos, e o arcebispo jesuíta  Luis Francisco Ladaria, secretário da Congregação para a Doutrina da Fé. Informações: Rádio Vaticano.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Em uma apresentação no ‘BR Day’, em Nova York, Fábio Jr. abraçou a bandeira brasileira e protestou contra a "roubalheira". O show estava sendo transmitido ao vivo pelo canal Multishow e pela TV Globo Internacional. O desabafo do cantor ocorreu na tarde deste domingo (6). Irritado, Fábio questionou o governo e a corrupção no país. "O que está escrito na nossa bandeira? Ordem e progresso. Mas vocês sabem o que está acontecendo no Brasil, né? Desordem e roubalheira, é uma quadrilha. Eu tenho o maior orgulho de vestir essa bandeira, mas, às vezes, eu tenho vergonha alheia de ver os nossos governantes, todo mundo roubando, todo mundo metendo a mão. E eu querendo ser brasileiro, querendo agradecer onde eu nasci (...) Dilma, Lula, José Dirceu, PMDB, vocês não têm mais o que fazer, não, *&¨%$?", desabafou ele. E ainda prosseguiu. "É uma pena, uma judiação. O país como o Brasil, um povo tão bacana como o nosso e a gente sendo sacaneado. Mas também depende de nós. Vamos mudar essa &¨%$ também", completou. Após o desabafo, o público local começou os xingamentos contra a presidente Dilma Rousseff. Fábio Jr. não xingou, mas direcionou o microfone para que os gritos fossem ouvidos. Veja o vídeo:

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

 

Os movimentos que defendem o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) devem voltar a se manifestar nesta segunda-feira (7), em Brasília. O ato está marcado para acontecer na porta do Museu da República, por onde passará o desfile oficial do Sete de Setembro, que terá a presença da presidente petista. De acordo com a Folha, um segundo boneco inflável, desta vez de Dilma, também foi encomendado e deve ser exposto na ocasião. Os manifestantes também compraram 300 mini-Pixulekos, que serão distribuídos para os manifestantes.  Apesar do investimento, os organizadores afirmam que o ato desta segunda será significativamente menor do que as manifestações de 16 de agosto. "Será só um ato simbólico. Investimos muito no dia 16 e ficamos um pouco descapitalizados", explicou Heduan Pinheiro, membro do Movimento Brasil Melhor.


COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Os condutores e passageiros que passarem pelas praças de pedágio da concessionária Via Bahia (trechos da BR-116 e BR-324) terão no verso do comprovante de pagamento informações de como combater o abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. Segundo a Via Bahia, a ação é realizada com apoio ao Centro de Defesa da Criança e do Adolescente da Bahia (Cedeca-BA), com o objetivo de alertar sobre esse crime e conscientizar os usuários que trafegam nos trechos administrados pela concessionária. Nos comprovantes podem ser encontradas informações como "Disque 100", que é o canal telefônico para denúncias, o Disque Denúncia Nacional, coordenado pela Secretaria Especial dos Direitos Humanos da Presidência da República. Por meio desse canal, podem ser feitas denúncias anônimas. A Via Bahia administra um trecho de aproximadamente 680 km de rodovias, incluindo as BR-324 (rodovia Engenheiro Vasco Filho), entre Salvador e Feira de Santana, e BR-116 (rodovia Santos Dumont), de Feira de Santana até a divisa com o estado de Minas Gerais.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

Apesar dapressão do Trade Turístico e de entidades empresariais, o governo decidiu manter a Bahia fora do horário de verão neste ano. Os relógios serão adiantados em uma hora no dia 18 de outubro apenas nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, e empresários do estado alegavam que seria bom para a economia local a equiparação com o principal centro financeiro do país, São Paulo. A população, contudo, não concordava. “Pesquisas internas” teriam apontado que 72% dos baianos era contra a medida. "As alegações de sincronia de horários com o centro financeiro do país não fazem sentido num mundo globalizado onde os países mantém relações comerciantes e financeiras uns com os outros, mesmo tendo fusos horários diferentes", alegou o secretário de Comunicação do estado, André Curvelo. Mesmo assim, entidades empresariais não desistiram de reverter a decisão. O presidente do Fórum Empresarial, Victor Ventin,  teria entregue ao governador e aos secretários de Turismo, Nelson Pelegrino, e de Desenvolvimento Econômico, Jorge Hereda, um documento com 19 razões que sustentariam o pedido do setor produtivo. Uma das principais questões apontadas é que a posição contrária da população é fruto do desconhecimento. "Em um dos 19 pontos que apontamos mostramos que o receio das pessoas refere-se à sensação de maior insegurança durante a manhã onde estaria escuro, mas pesquisas também mostram que o nível de luminosidade no período é igual ao do mês de julho, assim como aponta levantamento do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania de que a maioria dos assaltos  ocorrem mais no final do dia, justamente quando o trabalhador poderia sair com mais luminosidade do trabalho", defende Ventin. Mesmo assim, o governo teria se mantido firme na decisão. "O governo entende como legítima a cobrança das classes empresariais, assim como das classes trabalhadoras que, por meio dos sindicatos, manifestaram-se, por outro lado, contra a adoção do horário de verão", justificou Curvelo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA



Primeira página  1  2    3    4    Ultima página   
Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br