Seja Bem-vindo! Hoje é Sábado, 29 de Abril de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Foto: Reprodução

O Vaticano vai abrigar duas famílias de refugiados que se encontram "fugindo da morte" provocada pela guerra ou pela fome, anunciou o papa Francisco neste domingo. Ele também convocou paróquias católicas, conventos e mosteiros em toda a Europa a fazer o mesmo.
Francisco citou Madre Teresa, a freira que nasceu na Europa e teve atuação importante com a população mais pobre na Índia, aos fazer o seu apelo a peregrinos e turistas que estavam na Praça de São Pedro. "Diante da tragédia de dezenas de milhares de refugiados que fogem da morte pela guerra e pela fome, e que estão em um caminho em direção a uma esperança de vida, o Evangelho chama-nos a acolher os menos favorecidos e mais abandonados, para dar-lhes uma esperança concreta", disse o Papa. Não é o suficiente dizer "tenha coragem, entre lá", acrescentou.
"Que cada paróquia, cada comunidade religiosa, cada mosteiro, cada santuário na Europa acolha uma família, começando com a minha diocese de Roma", disse Francisco. Ele também pediu aos bispos em toda a Europa a atender seu chamado e "expressar o Evangelho em termos concretos, ao adotar uma família de refugiados".
O Papa Francisco informou que duas das paróquias do Vaticano vão acolher duas famílias de refugiados, mas não deu maiores detalhes sobre a iniciativa. Um porta-voz do Vaticano, reverendo Ciro Benedettini, disse que o Vaticano vai agora decidir quais famílias serão abrigadas. Milhares de imigrantes refugiados têm chegado na Alemanha e na Áustria durante o fim de semana, depois de ficarem presos na Hungria por um dia inteiro.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Duzentos e vinte imigrantes foram resgatados na tarde dessa sexta-feira (4), no Mar Mediterrâneo, pela corveta Barroso da Marinha do Brasil, segundo informou o Ministério da Defesa em nota publicada em seu site. O navio brasileiro navegava com destino a Beirute, no Líbano, quando recebeu um alerta do Centro de Busca e Salvamento Marítimo italiano sobre a existência de uma embarcação com risco de afundar, tendo a bordo imigrantes que iam para a Europa.
Segundo o ministério, O pedido de auxílio ocorreu às 13h30 (horário de Brasília). O centro de busca italiano solicitou ao navio brasileiro que se aproximasse da posição da embarcação, que estava a cerca de 150 milhas da terra mais próxima, Peloponeso, na Grécia. A corveta Barroso chegou ao local após navegar durante uma hora. O ministro da Defesa, Jaques Wagner, foi informado dos detalhes da operação, pelo comandante da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e falou sobre a operação de resgate.

"O navio estava indo para o Líbano e acabou cumprindo outra missão humanitária, que é o resgate de refugiados, hoje uma preocupação que aflige o mundo inteiro. Foram salvas 220 vidas e evitamos outras mortes como a daquela criança síria que chocou o mundo", disse o ministro. Entre as pessoas regatadas estavam 94 mulheres, 37 crianças e quatro bebês de colo (muitos deles debilitados).
De acordo com a nota do Ministério da Defesa, dois navios-patrulha italianos participaram da ação, mas, tendo em vista a impossibilidade de receberem os imigrantes a bordo, a Guarda Costeira italiana solicitou o apoio dos brasileiros para fazer o resgate e levá-los para o porto italiano de Catânia.
A corveta Barroso saiu do Rio de Janeiro no dia 8 de agosto para substituir a fragata União na Força-Tarefa Marítima das Nações Unidas (FTM-Unifil), no Líbano. Ela vai atuar, ainda este mês, como nau-capitânia da missão e fazer tarefas de interdição marítima e capacitação da Marinha libanesa. O Brasil comanda a FTM-Unifil desde 2011.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


O magnata das comunicações disse em entrevista à televisão local que contatará os governos grego e italiano para abordar este plano. Foto: Divulgação

 O multimilionário egípcio Naguib Sawiris se ofereceu para comprar uma ilha em águas da Grécia ou da Itália para acomodar os milhares de migrantes que fogem da Síria ou de outros conflitos. O magnata das comunicações anunciou a iniciativa no Twitter. "Grécia ou Itália, me vendam uma ilha, declararei sua independência, abrigarei lá imigrantes e proporcionarei trabalho na construção do novo país", acrescentou. Sawiris disse em entrevista à televisão local, que contatará os governos grego e italiano para abordar este plano. "Há dezenas de ilhas desertas onde podem caber milhares de refugiados", afirmou ainda, acrescentando que uma ilha grega ou italiana deve custar entre 10 e 100 milhões de dólares. Também admitiu que a ideia poderá enfrentar obstáculos de ordem jurídica. Segundo ele, no início haveria abrigos temporários, mas depois seriam criados empregos para construir casas, escolas e hospitais. "E, se as coisas melhorarem, se eles desejarem voltar a seus países de origem, podem voltar", explicou Sawiris, cuja família é proprietária do famoso balneário El Gouna, no litoral do Mar Vermelho egípcio. Sawiris é presidente da operadora de telecomunicações Orascom TMT e de um canal de televisão egípcio. Mais de 2.300 pessoas morreram no mar tentando alcançar a Europa desde janeiro.


COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Uma pesquisa encomendada pela Organização das Nações Unidas (ONU) aponta que o Brasil está entre os 20 países em que a população é mais feliz no mundo. O Relatório Mundial da Felicidade aponta que os brasileiros estão em 16º lugar no ranking, logo atrás dos Estados Unidos. Os cinco primeiros países do levantamento da ONU são Suíça, Islândia, Dinamarca, Canadá e Noruega.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Os recém-casados turcos Fethullah Üzümcüolu e Esra Polat deram um grande exemplo de solidariedade ao trocar sua festa de casamento por um banquete para 4 mil refugiados sírios, na fronteira entre os dois países. A ação foi idealizada pelo pai do noivo, Ali Üzümcüolu, voluntário na ONG Kimse Yok Mu (KYM). Para Ali, não haveria motivo para realizar uma festa de casamento em uma região onde há tantas pessoas passando fome. “Começamos nossa jornada de felicidade fazendo outras pessoas felizes, e isso é incrível", disse o noivo em entrevista ao The Washigton Post. Para alimentar as pessoas, a ONG levou uma cozinha móvel até a localidade turca de Kilis. A KYM atua em mais de 110 países e é parceira da ONU em projetos de apoio aos refugiados sírios. A Turquia abriga hoje mais de 1 milhão de refugiados desde o início do conflito, em 2011.

COMENTE ESTA NOTÍCIA
05-06-2015 | 10h10min
Dia Mundial do Meio Ambiente


Foto: Divulgação

Estamos diante de um momento crítico na história da Terra, numa época em que a humanidade deve escolher o seu futuro. À medida que o mundo torna-se cada vez mais interdependente e frágil, o futuro enfrenta, ao mesmo tempo, grandes perigos e grandes promessas. Para seguir adiante, devemos reconhecer que no meio de uma magnífica diversidade de culturas e formas de vida, somos uma família humana e uma comunidade terrestre com um destino comum. Devemos somar forças para gerar uma sociedade sustentável global baseada no respeito pela natureza, nos direitos humanos universais, na justiça econômica e numa cultura da paz. Para chegar a este propósito, é imperativo que, nós, os povos da Terra, declaremos nossa responsabilidade uns para com os outros, com a grande comunidade da vida, e com as futuras gerações.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O ministro da Defesa da Coreia do Norte, Hyon Yong-chol, foi executado por deslealdade e manifestações de falta de respeito ao líder supremo, Kim Jong-um. Segundo a agência de notícias “Yonhap”, Hyon teria sido flagrado enquanto dormia durante um desfile militar e respondido de maneira inadequada ao chefe de Estado em várias ocasiões. O ministro foi nomeado há menos de um ano para o cargo e era responsável pela logística e por intercâmbios estrangeiros, enquanto a política militar é determinada pela Comissão Nacional de Defesa e pela Comissão Militar Central do partido. Ele foi executado em 30 de abril, com fogo antiaéreo, em cerimônia realizada em uma academia militar na região de Pyongyang com presença de centenas de oficiais, informou o subdiretor do Serviço Nacional de Inteligência de Seul. Desde que assumiu a chefia do Estado em 2011, Kim Jong-um já executou vários membros do governo, inclusive seu tio e mentor político Jang Song-thaek.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Princesa de Cambridge nasceu neste sábado (2) em Londres. Menina é a segunda filha do príncipe William e de Kate Middleton.

A nova princesa de Cambridge, filha do Príncipe William e de Kate Middleton, se chamará Charlotte Elizabeth Diana, informou o Palácio de Kensington nesta segunda-feira (4). Ela será chamada de princesa Charlotte de Cambridge. O nome homenageia a avó da criança, a princesa Diana, mãe de William, a bisavó, a rainha Elizabeth II, e a tataravó, mãe da rainha, também Elizabeth. O nome Charlotte também seria uma homenagem ao pai de William, o príncipe Charles – por ser considerado uma versão feminina deste. Na história da realeza britânica, já houve uma rainha Charlotte, a mulher do rei George III, que reinou no século 18. Também já houve uma princesa Charlotte, filha do rei George IV, conhecida como princesa Charlotte de Gales. A menina, segunda filha do casal, pais do príncipe George, nascido em 2013, é a quarta na linha de sucessão britânica, atrás de seu avô Charles, de seu pai e de seu irmão. A princesa nasceu neste sábado (02), no hospital St. Mary’s de Londres.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

Na cerimônia em que 32 bebês foram batizados, um deles era filho de uma mulher que inclusive mandara uma carta ao Papa, dizendo que havia pensado em abortar depois que o companheiro a abandonara. Em maio de 2013, Durante a celebração de outra missa no Vaticano, o Pontífice já havia deixado claro que sua postura em relação às crianças filhas de mães solteiras seria mais liberal. “Somos muitas vezes controladores da fé, em vez de facilitadores”, disse Francisco na época , sobre padres que se recusam a batizar esses bebês. “Essa mulher teve a coragem de continuar a gravidez. E o que encontra? Uma porta fechada?”, desafiou.

Idealizado para celebrar a data em que, segundo a tradição, São João Batista batizou Jesus, o evento, que acontece bem embaixo da famosa pintura de Michelangelo, teve ainda entre seus principais “convidados” a filha de um casal de militares italianos casados apenas no civil. Há meses eles pediram para que o Papa Francisco batizasse a pequena Giulia, e ele não viu problema quando os dois chegaram com os documentos de sua união no Vaticano. O Papa ainda fez questão de deixar as mulheres à vontade para alimentarem seus bebês ali, caso eles ficassem com fome. O Pontífice já havia chamado a atenção para o assunto numa entrevista, há cerca de um mês, quando defendeu o aleitamento materno em público, e relacionou o assunto à fome no mundo.

— Mães, se eles estiverem com fome, alimentem seus filhos, sem pensar duas vezes. Porque eles são as pessoas mais importantes aqui — disse Francisco durante a cerimônia deste domingo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

A duquesa de Cambridge, Kate Middleton, deu à luz uma menina na manhã deste sábado. Kate foi internada na maternidade do hospital St. Mary, em Londres, na Inglaterra, em trabalho de parto às 6h da manhã no horário local (às 2h, horário de Brasília). O horário foi o mesmo ao que ela deu entrada em 2013 para o nascimento do seu primeiro filho, George. Após a notícia da entrada da duquesa no hospital, o local começou a ser cercado por curiosos e jornalistas. Policiais protegem a entrada da maternidade. O primeiro-ministro britânico, David Cameron, deu os parabéns a Kate pelas redes sociais. "Meus melhores desejos à Duquesa de Cambridge, que está dando à luz a seu segundo filho hoje. O país inteiro vai lhe desejar bem", postou no Twitter. O anúncio do nascimento do bebê será feito de duas formas. A tradicional, através de um grande cavalete colocado em frente ao palácio de Buckingham, residência de Elizabeth II. E a moderna, por meio de uma mensagem no Twitter que será enviada pelo palácio de Kensington.


COMENTE ESTA NOTÍCIA



Primeira página  1  2    3    4    Ultima página   
Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br