Seja Bem-vindo! Hoje é Segunda, 23 de Outubro de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Foto: Nildo Freitas/Brumado Verdade

Nesta quinta-feira (10), O site Brumado Verdade, através de uma denúncia, registrou que duas 02 árvores de oiti, localizada na Rua José Pereira Castro no Bairro Nobre (Centro), próximo ao Clube Social de Brumado (CSB), foram mutiladas brutalmente por um lenhador. O Clube também já mutilou 15 árvores, e foi multado pela Secretaria de Meio Ambiente (SEMAR), em R$ 3.000,00 e teve como prêmio uma medida compensatória em ação do Secretário da pasta Fed Neves, contestado pelo Conselho do Meio Ambiente do Município. Os moradores da cidade vêm desobedecendo à lei orgânica do municipal, de nº 9.605, que reza que “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade alheia, gera pena - detenção de três meses a um ano, ou multa, ou ambas as penas cumulativamente”. Talvez pela atitude do secretário de ter amenizado a multa de R$ 3.000,00, do Clube Social de Brumado (CSB), a população não está respeitando a aplicação da lei em nosso município pela fiscalização, pondo em xeque a credibilidade do órgão.


COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foram analisadas 37 praias em Salvador e Lauro de Freitas. Órgão alerta que banhistas evitem as praias durante tempo chuvoso. Foto: Divulgação

Salvador e Lauro de Freitas, na região metropolitana, estão com 17 praias impróprias para o banho neste feriadão de 7 de Setembro, segundo levantamento do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema). O Inema chama atenção para que os banhistas evitem a praia de Periperi (na saída de acesso à praia, após travessia da via férrea), Penha (situada em frente à barraca do Valença), Bogari (em frente ao Colégio da PM), Pedra Furada (rua Rio Negro, em frente a ladeira que dá acesso a praia), Roma (rua Prof. Roberto Correia), Canta Galo (atrás das antigas instalações da FIB), Rio Vermelho (próximo a escada de acesso à praia), Amaralina (em frente à Escola Cupertino de Lacerda e em frente à rua do Balneário e ao Edifício Atlântico), Pituba (em frente a escada de acesso à praia e atrás da Praça), Armação (em frente ao clube Inter Pass-Jardim de Alá), Boca do Rio (em frente ao posto Salva Vidas), Corsário (em frente ao Posto Salva Vidas e ao posto Salva Vidas Patamares), Placafor (em frente ao posto Salva Vidas) e Buraquinho (em frente à barraca de Praia Chalé). Ao todo, 37 praias foram avaliadas nas duas cidades pelo órgão. Segundo o Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama), a praia é considerada imprópria quando mais de 20% das amostras coletadas, em cinco semanas consecutivas, apresentarem resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, ou quando, na última coleta, o resultado for superior a 2.500 coliformes termotolerantes ou 2.000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 ml de água. Conforme o Inema, no período de tempo chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos, carregados das ruas por meio das galerias pluviais, oferecendo risco de doenças. Além disso, segundo o órgão, é desaconselhável, ainda em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Em 2015, já foram registrados 28 encalhes de baleias na costa brasileira. Foto: Divulgação

Uma baleia jubarte de aproximadamente 15 metros foi achada morta em uma praia de Cumuruxatiba, em Prado, no Extremo-Sul da Bahia. A ocorrência foi registrada no sábado (29) pelo Instituto Baleia Jubarte. O animal foi achado de manhã na praia do Rio do Peixe, em estado avançado de decomposição. A causa da morte é desconhecida. Segundo dados do próprio instituto, de julho a novembro as baleias se aproximam da costa brasileira para acasalar, o que torna os encalhes comuns nessa época do ano. Em 2015, já foram registrados 28 encalhes de baleias na costa brasileira, 11 destes na Bahia. Os outros foram três no Rio Grande do Sul, seis em Santa Catarina, um no Paraná, dois no Rio de Janeiro, três no Espírito Santo, um em Sergipe e um em Pernambuco. Todos os animais já foram achados mortos, exceto o de Sergipe.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Nildo Freitas/Brumado Verdade

Em reunião realizada na manhã desta quinta-feira (27) na secretaria do meio ambiente, o conselho que representa o órgão deixou bem claro a sua posição contrária sobre a decisão do secretário Fred Neves de isentar o Clube Social de Brumado (CSB), de pagar uma multa de R$ 3.000,00 reais, referente a realização de corte (Mutilação) de 15 árvores na rua onde se encontra a entidade, no Bairro Nobre. Mesmo com o parecer da Procuradoria do Município a favor da multa 02/2015, aplicada pelo agente ambiental, o secretário tenta aliviar a barra do clube, indo de encontro ao parecer técnico da procuradoria municipal. Pela vontade do secretário seria aplicada uma medida compensatória, pelo descumprimento da advertência e da ação mutiladora das árvores. Se a moda pega, a cidade de Brumado irá se transformar em um verdadeiro deserto pela força e o poder do desmando.


COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) determinaram a suspensão imediata do consumo da água dos poços da região de Caetité e Lagoa Real, no Centro-Sul da Bahia. A decisão ocorreu após a confirmação da contaminação da água do local por alto teor de urânio. Na região, há 15 anos, a extração do material radioativo é feita pela estatal federal Indústrias Nucleares do Brasil (INB). Trata-se da única mina de urânio explorada em toda a América Latina. A decisão de apuração imediata da situação foi ordenada diretamente pela ministra Izabella Teixeira, após a publicação, no sábado, de uma reportagem do jornal O Estado de S. Paulo denunciando o problema.

Além da medida tomada para assegurar a segurança da população, o Ibama informou que a INB poderá ser multada por omitir informações. A reportagem teve acesso a laudos técnicos e despachos que comprovam que a INB realizou duas inspeções em poço na região e encontrou água contaminada com índices do metal pesado mais de quatro vezes superiores ao limite estabelecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). Apesar de ter feito coleta de água em outubro do ano passado  e em março, a INB só comunicou a prefeitura de Lagoa Real no fim de maio. No período, não houve comunicação da estatal sobre o caso para o ministério ou o Ibama, órgão responsável por licenciar e fiscalizar qualquer tipo de empreendimento ou denúncia envolvendo material radioativo.

A INB nega irregularidades no caso, sob justificativa de que a área do poço contaminado, uma região conhecida como Varginha, está a 20 km de distância de sua mineração e não faz parte da área que deve fiscalizar. No entanto, como denunciado pelo jornal, a própria estatal afirma, em documento disponível na internet, que inspeciona a qualidade da água na região de Varginha, comunidade de Lagoa Real. Segunda a prefeitura de Lagoa Real, a própria INB já havia comunicado os moradores da contaminação da àgua.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação/Modera

Dentro do propósito de motivar comunidades a reivindicar aos poderes públicos a revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio do Antônio, ativistas do MODERA estiveram no Bairro Olhos D’Água, Cidade de Brumado, no último dia 09 de agosto, para recolher subscrições de moradores em abaixo-assinado ao Prefeito Municipal de Brumado, solicitando a reabilitação e proteção da nascente que leva o mesmo nome do Bairro.  Atendendo convite do Presidente da Associação do Bairro Olhos D’Água, Renato Costa Leite, os ativistas do MODERA, Henrique Moreira Rocha, Jorge Valério Rocha Gomes e José Roberto da Silva Santos, prestigiaram o evento comunitário homenageando os pais em seu dia, na Praça Donatila Lôbo e propuseram aos moradores a subscrição do abaixo-assinado, havendo a aceitação de todos. 

A partir de denúncia de um morador do Bairro, o MODERA, por meio de uma comissão de vistoria, esteve na Nascente Olhos D’Água, no mês de maio deste ano, quando constatou o estado de degradação e abandono daquele manancial, que serviu ao uso humano durante a crise de abastecimento de água na Cidade de Brumado, entre os anos de 1998 e 1999. Após a vistoria foi produzido um relatório que será encaminhado ao Prefeito de Brumado, mediante o abaixo-assinado dos moradores do Bairro Olhos D’Água.  Além do abaixo-assinado como instrumento de mobilização dos moradores pela revitalização da Nascente Olhos D’Água, o MODERA entende ser necessário também a realização de um projeto permanente de Educação Ambiental no Bairro, para que os moradores se sintam comprometidos com a preservação do manancial.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Praias da Penha e do Bogari estão impróprias para o banho. Foto: Luciano da Mata

Quem planejou passar o fim de semana no litoral deve ficar atento à avaliação do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), que aponta 14 praias com um ou dois trechos impróprios para o banho. No total, o Inema avaliou 37 praias. Destas, foram consideradas impróprias as praias de Periperi, Penha, Bogari, Pedra Furada, Roma, Ondina, Rio Vermelho, Amaralina, Pituba, Armação, Boca do Rio, Corsário, Aleluia e Buraquinho (confira os trechos abaixo). É considerada imprópria a praia que possui mais de 20% das amostras coletadas, em cinco semanas consecutivas, com resultado superior a 1.000 coliformes fecais ou 800 Escherichia coli, assim como aquelas cujo resultado for superior a 2.500 coliformes termotolerantes ou 2.000 Escherichia coli ou 400 enterococos por 100 ml de água na última semana. No período em que o tempo estiver chuvoso, as praias podem ser contaminadas por arraste de detritos, carregados das ruas por meio das galerias pluviais, oferecendo risco de doenças. Além disso, é desaconselhável, mesmo em dias de sol, o banho próximo à saída de esgotos, desembocadura dos rios urbanos, córregos e canais de drenagem.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O avanço da degradação do Rio São Francisco levou a Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) a definir como prioridade para este ano a avaliação da política de revitalização dessa bacia hidrográfica. O "rio da integração nacional", que corta cinco estados das Regiões Sudeste e Nordeste, está “condenado à morte” pelo despejo de esgoto, assoreamento e destruição de mata ciliar, na opinião do presidente da comissão, Otto Alencar (PSD-BA).

Usando de prerrogativa de fiscalização que têm as comissões permanentes do Senado, a CMA quer saber o que tem sido feito para revitalizar o Rio São Francisco, como pré-requisito para a transposição de suas águas. Antes da transposição, tem que ter a revitalização. Senão, não vai ter água para a transposição. Ou então o próximo presidente da República vai colocar lá um epitáfio: "Aqui jaz o rio São Francisco" — afirma o parlamentar, que em diversas ocasiões chamou atenção para o problema.

No orçamento de 2015, diz o senador, é maior a previsão de recursos para a transposição do que para a revitalização. No entanto, ele alerta que não haverá água nos canais que estão sendo construídos se o rio não for revitalizado. Em debate realizado em maio, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, afirmou que as obras de transposição do São Francisco estarão finalizadas em 2017. O projeto contempla 477 quilômetros de canais — formando os eixos Norte, que vai de Cabrobó (PE) a Cajazeiras (PB), e Leste, com início em Floresta (PE) e término em Monteiro (PB) — para conduzir a água no semiárido nordestino. Segundo o ministro, as obras garantirão segurança hídrica para 12 milhões de habitantes de 390 municípios dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte. Segundo dados da ANA, 72% da água consumida no país vai para irrigação e 11% para a criação de gado, ficando 9% no consumo humano urbano, 7% para a produção industrial e 1% para consumo humano rural.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Nildo Freitas/Brumado Verdade

Mais uma vez moradores do Bairro Santa Tereza procurou o site Brumado Verdade e fizeram sérias denúncias sobre agressão ao meio ambiente e à natureza, como envenenamento de animais, descarte de lixo e entulhos nocivos ao meio ambiente. Na tarde deste sábado (04), A nossa reportagem esteve in loco no Bairro e constatou que alguns caçambeiros e veículos de pega frete, estão descartando refugo de material de construção, lixo e até animais envenenados, causando um forte odor e a morte de vários urubus, caracterizando crime ambiental. A algum tempo Isso vem acontecendo, muito próximo ao um córrego que corta o nobre Bairro, podendo causar contaminação ao histórico manancial. Tudo isto vem acontecendo sem que o secretário de meio ambiente Fred Neves e infraestrutura André Cardoso, tomem nenhuma providência para coibir esta prática tão rotineira em nosso município. A área que virou um lixão a céu aberto fica localizada no entorno do Ifba e ao campinho de babas dos Ataídes no Bairro Santa Teresa.  


COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Nildo Freitas/Brumado Verdade

Mesmo com uma multa aplicada pelo corte irregular de 15 árvores de oiti localizadas em frente e na lateral ao Clube Social de Brumado (CSB). Nossa reportagem apurou que nesta sexta-feira (12) o clube voltou a praticar o mesmo delito, aproveitando a ausência de fiscalização devido ao feriado do município. A presidência do CSB havia sido alertada pela secretaria municipal de meio ambiente (SEMAR), logo após o corte inadequado de três árvores (MUTILAÇÃO), que o procedimento para as podas das árvores estavam sendo realizado de modo irregular. No entanto, o aviso foi ignorado e a poda irregular continuou, MUTILANDO mais 12 árvores, tudo em desobediência a lei orgânica do município de nº 9.605, que reza que “destruir, danificar, lesar ou maltratar, por qualquer modo ou meio, plantas de ornamentação de logradouros públicos ou em propriedade alheia, gera pena-detenção de três meses a um ano ou multa, ou ambas as penas cumulativamente”.  O clube foi multado em R$ 3.000,00 e com certeza levará outra multa por desafiar o regime e a lei.


COMENTE ESTA NOTÍCIA



Primeira página  1  2    3    4    Ultima página   
Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br