Seja Bem-vindo! Hoje é Sexta, 23 de Junho de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Foto: Nete Freitas/Brumado Verdade.

Começa neste sábado, 29, a temporada de Superluas, quando o satélite terrestre fica mais perto do planeta, em um fenômeno conhecido como perigeu. O melhor momento para retratá-la em fotos será no final da tarde, quando ela "nasce" e fica no horizonte, mais perto do mar, no caso de Salvador. O auge da Superlua será em setembro, mas já é possível fazer belos registros da lua no céu.

Este será o melhor momento para os fotógrafos capricharem nas imagens. "Ainda que não seja algo especial do ponto de vista científico, é sem dúvida um fenômeno muito poético e romântico. As pessoas não deveriam se preocupar em encontrar o melhor lugar ou hora, apenas olhar para o alto e admirar a lua o quanto puderem.", afirma Geza Gyuk, astrônomo do Adler Planetarium em Chicago, nos Estados Unidos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O consumo habitual de café poderia aumentar as possibilidades de sobreviver ao câncer de intestino e proteger os pacientes de reincidências, informa estudo divulgado pela publicação britânica Journal of the Clinical Oncology. Grupo de cientistas descobriu que os pacientes que recebiam tratamento e que consumiam altas doses de café, quatro ou mais xícaras por dia, tinham cerca de 42% menos possibilidades de registrar reincidência da doença que aqueles que não consumiam a bebida. O médico Charles Fuchs, diretor do Centro de Câncer Gastrointestinal de Boston, nos Estados Unidos, afirmou ter comprovado que "os consumidores de café têm um risco menor de desenvolver câncer, além de que a sobrevivência e as possibilidades de cura aumentam consideravelmente". Apesar dos resultados do estudo, Fuchs mostrou-se cauteloso com os potenciais benefícios do café como tratamento alternativo para os doentes de câncer de intestino. "Se bebe café habitualmente e está sendo tratado de câncer do intestino, não deixe de beber, mas se não é um consumidor habitual e se pergunta se deve começar, primeiro consulte o seu médico", declarou o pesquisador. Ainda que seja a primeira vez que um estudo relaciona o consumo de café com a redução do risco de reincidência de câncer, investigações prévias indicaram que a bebida poderia proteger contra vários tipos de tumores malignos, incluindo os melanomas, o câncer de fígado e o de próstata avançado.

 

COMENTE ESTA NOTÍCIA


A chuva de Perseidas é anual e acontece entre os meses de julho e agosto. Foto: Reprodução

Provocando uma sensação de enxergar até 100 estrelas cadentes por hora, nas noites de quarta-feira (12) e quita-feira (13), acontece a chuva de meteoros mais intensa do ano. O evento é o resultado dos detritos (ou perseidas) do cometa Swift-Tuttle, que por sua trajetória, beneficia o Norte e Nordeste do país que poderá ver o espetáculo no céu. O acontecimento é anual entre os meses de julho e agosto e acontece quando as perseidas explodem ao entrar na órbita terrestre. O fenômeno natural pode ser visto a olho nu, mas a Nasa aconselha estar em total escuridão. Os astrônomos alertam que há dificuldade nos centros urbanos para visualizar. Por isso, para poder ver, ainda é preciso estar em um lugar totalmente aberto.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Estudo aponta que pera asiática reduz sintomas da ressaca. Foto: Reprodução

Uma nova descoberta feita por cientistas australianos promete melhorar os efeitos da famosa ressaca. Neste caso, nada de remédios ou simpatias para diminuir a dor de cabeça, boca seca e até o esquecimento: a cura milagrosa está na pera, especificamente a originária da Ásia. Os especialistas da Commonwealth Science and Industrial Research Organization realizaram estudos com a fruta e o próprio suco, que reduzem drasticamente os sintomas da ressaca. Caso o consumo seja realizado antes da ingestão de bebidas alcoólicas, ela promete ainda diminuir a perda de memória ou a dificuldade de concentração.Os voluntários que participaram do teste beberam cerca de 220 ml do suco antes de consumirem álcool e notaram a redução dos sintomas de embriaguz. Agora, os pesquisadores desejam ampliar este estudo para alcançar os mesmos resultados com as peras ocidentais.

COMENTE ESTA NOTÍCIA
30-07-2015 | 16h46min
Lua Azul acontece neste 31 de julho


Foto: Nete Freitas/ Brumado Verdade

A última noite de julho trará um acontecimento visto pela última vez em agosto de 2012: a Lua Azul. Ao contrário do que o nome sugere, nosso satélite não muda de cor, mas vai aparecer cheia pela segunda vez no mesmo mês. A primeira aconteceu no dia dois. O fato ocorre por ter um ciclo lunar extra, resultado de um cálculo entre a duração do ano solar dividido pelo tempo destes ciclos.

A segunda lua cheia acontece por causa da diferença do mês terrestre, que dura 30,5 dias, e o tempo que a lua leva para girar em torno da terra, que resulta em 29.5 dias. É justamente essa diferença que provoca "sobra" de uma lua cheia e ainda a variação entre os dias e as quatro fases da lua. Normalmente acontecem 12 luas cheias por ano. Uma curiosidade é que o único mês em que não é possível ver mais de uma lua cheia é fevereiro. Por ser mais curto que a duração de um ciclo lunar, mesmo em ano bissexto. Cada ocorrência desse fenômeno tem um intervalo de dois anos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O foguete russo "Progress M-27M", que está caindo em direção à Terra, deve atingir o solo do planeta nesta sexta-feira, dia 8. A notícia foi dada pelo especialista do Instituto de Física Aplicada do Conselho Nacional de Pesquisas de Florença (Ifac-CNR) e membro do Comitê Internacional para o Monitoramento de Detritos Espaciais (Iadc), Alessandro Rossi.

No entanto, as previsões ainda são muitas incertas e podem ser revistas ao longo dos próximos dois dias. Segundo Rossi, a espaçonave "continua a cair e, em relação a ontem, desceu alguns quilômetros". Atualmente, o ponto mais distante da órbita se encontra a 212 quilômetros do planeta e o mais próximo, a 170 quilômetros.

Para Luciano Anselmo, do Instituto de Ciência e Tecnologia da Informações do Conselho Nacional de Pesquisas de Pisa (Insti-CNR), "embora o foguete continue a rodar rapidamente sobre ele mesmo, o seu comportamento dinâmico é bastante regular e permite previsões precisas, contudo a janela de incerteza ainda é muito ampla". "Neste momento, todo o planeta está interessado e as únicas áreas que podem se excluir são os pólos, que não são sobrevoados pelo veículo", concluiu Anselmo.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

Dois médicos congelaram a filha de dois anos na esperança de que ela possa reviver novamente no futuro, depois de perder a batalha contra o câncer. Matheryn Naovaratpong, de dois anos, lutava contra a doença, e agora está sendo a mais jovem pessoa do mundo a passar pelo tratamento – antes a pessoa mais jovem a ser submetida ao tratamento tinha 21 anos de idade. O corpo congelado será preservado em uma unidade de resfriamento no Arizona, EUA, pela empresa Alcor. A criança foi colocada em uma “cama de gelo” no momento de sua morte, para garantir que seu corpo fique perfeitamente preservado. A criança passou por 12 operações e dezenas de tratamentos de quimioterapia do cérebro antes de morrer. Os pais escolheram manter o corpo em nitrogênio liquido, na esperança de que ela pode ser trazida de volta à vida por futuras tecnologias médicas. O valor do procedimento de R$ 670 mil, geralmente pagos pelo seguro médico. No momento da morte, os pacientes são movidos para uma “cama de gelo”, e seus corações são artificialmente reiniciados para bombear drogas em torno de seus corpos, antes de serem congelados. A empresa mantém os corpos esperando avanços na tecnologia médica – e até agora preservam 120 corpos.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Nildo Freitas/Brumado Verdade

Para os apaixonados em fenômenos celestes, esta sexta-feira (20) será cheia de eventos. Além do equinócio, quando o Sol cruza diretamente a Linha do Equador e a noite e o dia têm exatamente a mesma duração (12 horas), a data terá um raro eclipse total do Sol, o único do ano, e uma superlua. O equinócio, que marca o início do outono no hemisfério Sul e da primavera, no Norte, ocorrerá oficialmente às 22h45 GMT (19h45 de Brasília). A boa notícia para os admiradores dos astros, porém, vem acompanhada por outras desanimadoras. Somente quem estiver em regiões remotas do hemisfério Norte, como Groenlândia, e do oceano Ártico poderá ver o eclipse total do Sol. Um eclipse parcial será visto da Europa e de áreas do norte da África e Ásia.

Já a superlua, que poderá ser vista em diversas regiões do globo, não será tão impactante. A data coincide com o início da lua nova, e o fenômeno é mais fácil de ser observado quando há lua cheia. A superlua acontece quando a lua alcança o perigeu, o ponto mais próximo da Terra em sua órbita -- e ocorre em lua cheia ou lua nova. Mas no dia 29 de agosto deve ocorrer uma superlua cheia, então aguarde. Para quem vive no hemisfério Norte e quiser tentar observar o Sol - ou uma pontinha dele - sumindo por trás da Lua, o eclipse começa às 7h41 GMT (hora de Greenwich, na Inglaterra; 4h41 em Brasília), atinge o seu pico às 9h45 GMT (6h45 em Brasília) e termina por volta das 11h50 GMT (8h50 em Brasília). Nas ilhas Faroé, que ficam entre a Islândia e a Noruega, o evento terá a sua maior duração, com cobertura total do Sol pela Lua de 2 minutos e 4 segundos. O eclipse total ocorre quando a Lua se interpõe entre a Terra e o Sol, lançando uma sombra lunar sobre a superfície da Terra. O evento é raro, porque ocorre uma vez a cada três séculos para cada localização geográfica. Já a superlua acontece quando a Lua alcança o perigeu, ponto em que ela fica mais próxima da Terra devido a sua órbita elíptica, e, por isso, parece muito maior.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Reprodução

Com o objetivo de encontrar sinais de vida fora do Sistema Solar, pesquisadores do instituto Search for Extraterrestrial Intelligence (Busca de Inteligência Extraterrestre), da Califórnia, Estados Unidos, enviarão sinais de radiotelescópios na direção de outros sistemas estrelares. O anúncio é encarado como um "grande passo" na exploração sideral pela comunidade científica. As mensagens atingirão sistemas com um raio aproximado de 20 anos-luz da Terra. Ainda não está definida qual será o conteúdo da mensagem, mas é possível que um projeto com a participação de usuários da internet de todo o mundo seja desenvolvido.

COMENTE ESTA NOTÍCIA


Foto: Divulgação

O estudante baiano Igo Romero foi um dos entrevistados pela reportagem do Fantástico, da rede Globo, por criar um protótipo de um sistema de encanamento que avisa quando acontece um vazamento. A tecnologia desenvolvida durante o seu curso de Sistemas de Informações no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA), no campus de vitória da Conquista, indica o local e a intensidade do vazamento. Isso evita grande perda de água, tema central da grande reportagem veiculada na noite deste domingo (8). A tecnologia foi destaque na 15ª edição do Campus Party Brasil, o principal acontecimento tecnológico realizado anualmente no Brasil.

COMENTE ESTA NOTÍCIA



Primeira página  1  2    3    4    Ultima página   
Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br