Seja Bem-vindo! Hoje é Sábado, 19 de Agosto de 2017
(077) 9995-1050 / 9837-3618
redacao@brumadoverdade.com.br


Untitled Document


Foto: Divulgação/Ichiro Guerra/ PR

O clima dos membros do PT em Brasília é de abatimento. Ministros, deputados e senadores já consideram não apenas possível, como também provável que a presidente Dilma Rousseff seja afastada do governo num processo de impeachment até o final de 2015. Apesar da tendência de que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), rejeite pedidos de impedimento, inclusive o de Helio Bicudo, um dos fundadores do PT, deputados da Frente Pró-Impeachment, com 280 votos, recorreriam ao plenário e, com maioria simples, votariam pela admissibilidade do impeachment. De acordo com a coluna de Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, é provável que como o voto é aberto, até mesmo parlamentares de oposição que são contra o afastamento se veriam forçados a votar a favor. Além disso, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), não estaria gostando da possibilidade por acreditar que há um “dedo” de Aécio Neves (PSDB-MG), seu rival dentro do partido.

COMENTE ESTA NOTÍCIA





Busca:
 
Publicidade:
Facebook:
Editorias:
(41)
(0)
Acidentes (134)
Artigo (53)
Bahia (210)
Brasil (235)
Brumado (945)
Ciência (42)
Cidades (213)
Crônicas (8)
Cultura (193)
Curiosidades (284)
Economia (199)
Educação (271)
Esporte (291)
Eventos (25)
História (2)
Homenagem (65)
Justiça (194)
Música (77)
Medicina (54)
Meio Ambiente (110)
Mundo (72)
Poesia (0)
Polícia (660)
Política (806)
Publicidade (554)
Religião (84)
Saúde (285)
Turismo (11)
Variedades (658)
Untitled Document
Brumado Verdade © 2013. Todos os direitos reservados
(077)- 9995-1050 / 9800-4360 | redacao@brumadoverdade.com.br